Lote 10
Carregando...

Tipo:
Pinturas e Gravuras

PIETRINA CHECCACCI, Serigrafia sobre papel, 50cmx 50cm, 67/99 "The finch", acid, sem moldura. Em ótimo estado. COM EXPOSIÇÃO EM CARTAZ 2024 Exposição "Pietrina Checcacci: táticas do corpo"Abertura: 04 de junho 2024Visitação: até 13 de julho 2024 Local: Galatea (SP) e Danielian Galeria (RJ) Endereço: Rua Oscar Freire, 379, loja 1 - Jardins, SP | Rua Major Rubens Vaz, 414 - Gávea, RJ Com obras históricas que datam desde a década de 1960 até os desdobramentos atuais da sua produção, "Pietrina Checcacci: táticas do corpo" será inaugurada dia 4 de junho, na Galatea, em São Paulo. No Rio de Janeiro, a exposição "Carnação" será aberta ainda em maio, no dia 28, apresentando produções desde os anos 1970 até o presenteA Galatea (SP) e Danielian Galeria (RJ) promovem duas ações expositivas com novos olhares curatoriais para a produção da artista ítalo-brasileira Pietrina Checcacci (1941, Taranto, Puglia, Itália). Em São Paulo, a mostra "Pietrina Checcacci: táticas do corpo" abre no dia 4 de junho, na Galatea, apresentando cerca de 40 obras que datam desde a década de 1960 até os desdobramentos atuais da sua produção. A exposição destaca tanto seus trabalhos de cunho político, que dialogam com a estética da Nova Figuração Brasileira, quanto as pinturas que trazem o corpo em primeiro plano a partir do olhar feminino. Fernanda Morse, que assina o texto crítico da exposição na Galatea, comenta: Diante de toda a diversidade das correntes artísticas em ação na segunda metade do século XX, Pietrina não seguiu uma cartilha específica. Como a própria artista diz, o ser humano foi desde o início o seu leitmotiv e ganhou cada vez mais espaço em seu trabalho com o passar dos anos. Distanciando-se de uma certa investigação em torno universo político, dos jogos de aparência e dos conflitos morais presente em trabalhos como Sob o signo de câncer, da série O povo brasileiro (1967/1968) e A novela (televisão) (1965-1967), a Checcacci da década de 1970 em diante dá ao corpo humano a dimensão de paisagem, fazendo-o a falar por si mesmo. Trabalhos como Evaterra (1971), Carnações (1982) e A doçura dos corpos (2011) constatam a continuidade desta pesquisa. Por outro lado, vê-se também na sua produção recente uma retomada do seus temas da década de 1960, atualizados nos novos estandartes, agora flutuantes: Yes, nós temos bananas e outras cositas más, da série Flutuantes (2022) e Juntos e misturados, da série Flutuantes (2024).No Rio de Janeiro, a individual intitulada "Carnação" será inaugurada no dia 28 de maio, na Danielian Galeria, apresentando aproximadamente 30 obras criadas por Pietrina desde os anos 1970 até o momento atual. A exposição reconhece uma matriz pop/kitsch com referências surrealistas em sua pintura, enfatizando o corpo feminino como espaço de luta e conquistas no ambiente cultural brasileiro dos últimos 70 anos. Carnação reúne obras de diversos períodos de sua carreira, convidando o público a novas perspectivas sobre sua criação ativa e vibrante. Pietrina faz parte de uma geração de artistas mulheres que foi fundamental para estruturar a libertação e ampliação do cenário artístico e cultural brasileiro. Com imagens de forte impacto visual, suas obras fazem parte do imaginário das décadas de 80 e 90. A ideia dessa exposição é mostrar para o público tanto obras desse período como também a produção atual da Pietrina, que com 82 anos está a todo vapor, afirma Rafael Fortes Peixoto, um dos curadores da individual no Rio de Janeiro. Checcacci nasceu em 1941 na Itália e, aos treze anos, mudou-se para o Rio de Janeiro. Na turbulenta década de 1960, ela se inseriu no cenário cultural, participando dos principais salões e exposições ao lado de contemporâneos como Rubens Gerchman, Claudio Tozzi e Ivan Freitas. Suas pinturas dessa época mostravam uma forte influência da pop art americana e refletiam a denúncia política característica daquela geração de artistas.Nos anos 1970, o corpo feminino tornou-se o foco central de suas obras. Em um Brasil marcado pelo exílio e pela tortura, o corpo simbolizava o primeiro espaço de manifestação política, frágil pela insegurança, mas poderoso pela capacidade de resistência.Pietrina acentua a presença feminina na arte pop brasileira com suas figuras sensuais repletas de desejo. Fiel à imagem, Pietrina faz do corpo a sua principal ferramenta de criação e encantamento de mundo. Suas formas arredondadas, como as curvas e dobras barrocas, fazem do corpo feminino um território de luta, empoderamento e prazer, finaliza Marcus de Lontra Costa, crítico de arte e curador.Seu trabalho, sempre coerente ao seu tempo, expressou-se em pintura, desenho, escultura, serigrafia e design, mantendo um foco original e reconhecível nos temas de ser humano, terra e universo, explorando vida e morte com uma abordagem única e profunda.A obra de Pietrina Checcacci figura em coleções permanentes nacionais e internacionais, tais como: Museo Reina Sofía (Madri, Espanha); Pinacoteca de São Paulo (São Paulo, Brasil); Museu de Arte da Pampulha MAP (Belo Horizonte, Brasil); Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul MACRS (Porto Alegre, Brasil). Entre os prêmios que recebeu, destaca-se o Prêmio de Viagem ao Estrangeiro, do Salão Nacional de Arte Moderna, em 1974. 2024 - EM CARTAZ - Exposição: Pietrina Checcacci: táticas do corpoLocal: GalateaEndereço: Rua Oscar Freire, 379, loja 1 - Jardins, São Paulo SPAbertura: 4 de junho | 18h às 21hPeríodo expositivo: 4 de junho a 13 de julhoHorários: Segunda à quinta das 10h às 19h | Sexta das 10h às 18h | Sábado das 11h às 15h Mais informações: https://www.galatea.art/ Estacionamento: Estacionamento no local Exposição: CarnaçãoLocal: Danielian GaleriaEndereço: Rua Major Rubens Vaz, 414 - Gávea, Rio de Janeiro - RJ, 22470-070 Abertura: 28 de maioPeríodo expositivo: 28 de maio a 20 de julhoMais informações: https://www.galatea.art/https://artsoul.com.br/revista/eventos/exposicao-pietrina-checcacci-taticas-do-corpo

Peça

Visitas: 119

PIETRINA CHECCACCI, Serigrafia sobre papel, 50cmx 50cm, 67/99 "The finch", acid, sem moldura. Em ótimo estado. COM EXPOSIÇÃO EM CARTAZ 2024 Exposição "Pietrina Checcacci: táticas do corpo"Abertura: 04 de junho 2024Visitação: até 13 de julho 2024 Local: Galatea (SP) e Danielian Galeria (RJ) Endereço: Rua Oscar Freire, 379, loja 1 - Jardins, SP | Rua Major Rubens Vaz, 414 - Gávea, RJ Com obras históricas que datam desde a década de 1960 até os desdobramentos atuais da sua produção, "Pietrina Checcacci: táticas do corpo" será inaugurada dia 4 de junho, na Galatea, em São Paulo. No Rio de Janeiro, a exposição "Carnação" será aberta ainda em maio, no dia 28, apresentando produções desde os anos 1970 até o presenteA Galatea (SP) e Danielian Galeria (RJ) promovem duas ações expositivas com novos olhares curatoriais para a produção da artista ítalo-brasileira Pietrina Checcacci (1941, Taranto, Puglia, Itália). Em São Paulo, a mostra "Pietrina Checcacci: táticas do corpo" abre no dia 4 de junho, na Galatea, apresentando cerca de 40 obras que datam desde a década de 1960 até os desdobramentos atuais da sua produção. A exposição destaca tanto seus trabalhos de cunho político, que dialogam com a estética da Nova Figuração Brasileira, quanto as pinturas que trazem o corpo em primeiro plano a partir do olhar feminino. Fernanda Morse, que assina o texto crítico da exposição na Galatea, comenta: Diante de toda a diversidade das correntes artísticas em ação na segunda metade do século XX, Pietrina não seguiu uma cartilha específica. Como a própria artista diz, o ser humano foi desde o início o seu leitmotiv e ganhou cada vez mais espaço em seu trabalho com o passar dos anos. Distanciando-se de uma certa investigação em torno universo político, dos jogos de aparência e dos conflitos morais presente em trabalhos como Sob o signo de câncer, da série O povo brasileiro (1967/1968) e A novela (televisão) (1965-1967), a Checcacci da década de 1970 em diante dá ao corpo humano a dimensão de paisagem, fazendo-o a falar por si mesmo. Trabalhos como Evaterra (1971), Carnações (1982) e A doçura dos corpos (2011) constatam a continuidade desta pesquisa. Por outro lado, vê-se também na sua produção recente uma retomada do seus temas da década de 1960, atualizados nos novos estandartes, agora flutuantes: Yes, nós temos bananas e outras cositas más, da série Flutuantes (2022) e Juntos e misturados, da série Flutuantes (2024).No Rio de Janeiro, a individual intitulada "Carnação" será inaugurada no dia 28 de maio, na Danielian Galeria, apresentando aproximadamente 30 obras criadas por Pietrina desde os anos 1970 até o momento atual. A exposição reconhece uma matriz pop/kitsch com referências surrealistas em sua pintura, enfatizando o corpo feminino como espaço de luta e conquistas no ambiente cultural brasileiro dos últimos 70 anos. Carnação reúne obras de diversos períodos de sua carreira, convidando o público a novas perspectivas sobre sua criação ativa e vibrante. Pietrina faz parte de uma geração de artistas mulheres que foi fundamental para estruturar a libertação e ampliação do cenário artístico e cultural brasileiro. Com imagens de forte impacto visual, suas obras fazem parte do imaginário das décadas de 80 e 90. A ideia dessa exposição é mostrar para o público tanto obras desse período como também a produção atual da Pietrina, que com 82 anos está a todo vapor, afirma Rafael Fortes Peixoto, um dos curadores da individual no Rio de Janeiro. Checcacci nasceu em 1941 na Itália e, aos treze anos, mudou-se para o Rio de Janeiro. Na turbulenta década de 1960, ela se inseriu no cenário cultural, participando dos principais salões e exposições ao lado de contemporâneos como Rubens Gerchman, Claudio Tozzi e Ivan Freitas. Suas pinturas dessa época mostravam uma forte influência da pop art americana e refletiam a denúncia política característica daquela geração de artistas.Nos anos 1970, o corpo feminino tornou-se o foco central de suas obras. Em um Brasil marcado pelo exílio e pela tortura, o corpo simbolizava o primeiro espaço de manifestação política, frágil pela insegurança, mas poderoso pela capacidade de resistência.Pietrina acentua a presença feminina na arte pop brasileira com suas figuras sensuais repletas de desejo. Fiel à imagem, Pietrina faz do corpo a sua principal ferramenta de criação e encantamento de mundo. Suas formas arredondadas, como as curvas e dobras barrocas, fazem do corpo feminino um território de luta, empoderamento e prazer, finaliza Marcus de Lontra Costa, crítico de arte e curador.Seu trabalho, sempre coerente ao seu tempo, expressou-se em pintura, desenho, escultura, serigrafia e design, mantendo um foco original e reconhecível nos temas de ser humano, terra e universo, explorando vida e morte com uma abordagem única e profunda.A obra de Pietrina Checcacci figura em coleções permanentes nacionais e internacionais, tais como: Museo Reina Sofía (Madri, Espanha); Pinacoteca de São Paulo (São Paulo, Brasil); Museu de Arte da Pampulha MAP (Belo Horizonte, Brasil); Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul MACRS (Porto Alegre, Brasil). Entre os prêmios que recebeu, destaca-se o Prêmio de Viagem ao Estrangeiro, do Salão Nacional de Arte Moderna, em 1974. 2024 - EM CARTAZ - Exposição: Pietrina Checcacci: táticas do corpoLocal: GalateaEndereço: Rua Oscar Freire, 379, loja 1 - Jardins, São Paulo SPAbertura: 4 de junho | 18h às 21hPeríodo expositivo: 4 de junho a 13 de julhoHorários: Segunda à quinta das 10h às 19h | Sexta das 10h às 18h | Sábado das 11h às 15h Mais informações: https://www.galatea.art/ Estacionamento: Estacionamento no local Exposição: CarnaçãoLocal: Danielian GaleriaEndereço: Rua Major Rubens Vaz, 414 - Gávea, Rio de Janeiro - RJ, 22470-070 Abertura: 28 de maioPeríodo expositivo: 28 de maio a 20 de julhoMais informações: https://www.galatea.art/https://artsoul.com.br/revista/eventos/exposicao-pietrina-checcacci-taticas-do-corpo

Informações

Lance

Termos e Condições
Condições de Pagamento
Frete e Envio
  • TERMOS E CONDIÇÕES

    1ª. As peças que compõem o presente LEILÃO, foram cuidadosamente examinadas pelos organizadores que, solidários com os proprietários das mesmas, se responsabilizam por suas descrições.

    2ª. Em caso eventual de engano na autenticidade de peças, comprovado por peritos idôneos, e mediante laudo assinado, ficará desfeita a venda, desde que a reclamação seja feita em até 5 dias após o término do leilão. Findo o prazo, não será mais admitidas quaisquer reclamação, considerando-se definitiva a venda.

    3ª. As peças estrangeiras serão sempre vendidas como Atribuídas.

    4ª. O Leiloeiro não é proprietário dos lotes, mas o faz em nome de terceiros, que são responsáveis pela licitude e desembaraço dos mesmos.

    5ª. Elaborou-se com esmero o catálogo, cujos lotes se acham descritos de modo objetivo. As peças serão vendidas NO ESTADO em que foram recebidas e expostas. Descrição de estado ou vícios decorrentes do uso será descrito dentro do possível, mas sem obrigação. Pelo que se solicita aos interessados ou seus peritos, prévio e detalhado exame até o dia do pregão. Depois da venda realizada não serão aceitas reclamações quanto ao estado das mesmas nem servirá de alegação para descumprir compromisso firmado.

    6ª. Os leilões obedecem rigorosamente à ordem do catalogo.

    7ª. Ofertas por escrito podem ser feitas antes dos leilões, ou autorizar a lançar em seu nome; o que será feito por funcionário autorizado.

    8ª. Os Organizadores colocarão a título de CORTESIA, de forma gratuita e confidencial, serviço de arrematação pelo telefone e Internet, sem que isto o obrigue legalmente perante falhas de terceiros.

    8.1. LANCES PELA INTERNET: O arrematante poderá efetuar lances automáticos, de tal maneira que, se outro arrematante cobrir sua oferta, o sistema automaticamente gerará um novo lance para aquele arrematante, acrescido do incremento mínimo, até o limite máximo estabelecido pelo arrematante. Os lances automáticos ficarão registrados no sistema com a data em que forem feitos. Os lances ofertados são IRREVOGÁVEIS e IRRETRATÁVEIS. O arrematante é responsável por todos os lances feitos em seu nome, pelo que os lances não podem ser anulados e/ou cancelados em nenhuma hipótese.

    8.2. Em caso de empate entre arrematantes que efetivaram lances no mesmo lote e de mesmo valor, prevalecerá vencedor aquele que lançou primeiro (data e hora do registro do lance no site), devendo ser considerado inclusive que o lance automático fica registrado na data em que foi feito. Para desempate, o lance automático prevalecerá sobre o lance manual.

    9ª. O Organizador se reserva o direito de não aceitar lances de licitante com obrigações pendentes.

    10ª. Adquiridas as peças e assinado pelo arrematante o compromisso de compra, NÃO MAIS SERÃO ADMITIDAS DESISTÊNCIAS sob qualquer alegação.

    11ª. O arremate será sempre em moeda nacional. A progressão dos lances, nunca inferior a 5% do anterior, e sempre em múltiplo de dez. Outro procedimento será sempre por licença do Leiloeiro; o que não cria novação.

    12ª. Em caso de litígio prevalece a palavra do Leiloeiro.

    13ª. As peças adquiridas deverão ser pagas IMPRETERIVELMENTE em até 48 horas após o término do leilão, e serão acrescidas da comissão do Leiloeiro, (5%). Não sendo obedecido o prazo previsto, o Leiloeiro poderá dar por desfeita a venda, bloquear a cartela do comitente comprador e só desbloquear com o pagamento de uma multa no valor de 30% e por via de EXECUÇÃO JUDICIAL, cobrar sua comissão e a dos organizadores.

    14ª. Retiradas até 1 mês após o pregão, findo este período, o Leiloeiro Público Oficial, não se responsabiliza, sob qualquer hipótese, pelo destino, guarda e integridade dos lotes pagos e ainda não retirados, e estará tacitamente autorizado a revendê-los em público leilão pela melhor oferta.

    15ª. Qualquer litígio referente ao presente leilão está subordinado à legislação brasileira e a jurisdição dos tribunais da cidade de São Paulo. Os casos omissos regem-se pela legislação pertinente, e em especial pelo Decreto 21.981, de 19 de outubro de 1932, Capítulo III, Arts. 19 a 43, com as alterações introduzidas pelo Decreto 22.427., de 1º. de fevereiro de 1933.

  • CONDIÇÕES DE PAGAMENTO

    Através de depósito ou transferência bancária, acrescidos da taxa do leiloeiro de 5%, em conta a ser enviada por e-mail após o último dia do leilão. Não aceitamos cartões de crédito ou débito.

    As peças adquiridas deverão ser pagas IMPRETERIVELMENTE em até 48 horas após o término do leilão, e serão acrescidas da comissão do Leiloeiro, (5%). Não sendo obedecido o prazo previsto, o Leiloeiro poderá dar por desfeita a venda, bloquear a cartela do comitente comprador e só desbloquear com o pagamento de uma multa no valor de 30% e por via de EXECUÇÃO JUDICIAL, cobrar sua comissão e a dos organizadores.

  • FRETE E ENVIO

    IMPORTANTE: COTAÇÔES SOMENTE COM A EMPRESA CORREIOS.

    NÃO FAZEMOS COTAÇÃO COM TRANSPORTADORAS. NÃO NOS RESPONSABILIZAMOS POR SERVIÇOS DE TERCEIROS, PRAZOS DE ENTREGA E EVENTUAIS ATRASOS.

    Entregamos na grande São Paulo, para outras cidades e estados, enviamos apenas via Correios.

    Cotações de frete com transportadoras por conta do arrematante.